quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Cursos de primeiros socorros em atividades outdoor: NOLS e ECSI



NOLS - National Outdoor Leadership School é uma escola norte-americana focada em ensino de técnicas voltadas para as atividades outdoor e que tem como parte da sua estrutura o Wilderness Medicine Institute - WMI, cujos treinamentos ministrados preparam os estudantes para o domínio das técnicas de primeiros socorros e tomada rápida de decisões.

Primeiro curso NOLS em Porto Alegre, 2009.
A esquerda o instrutor Átila Monteiro.
Imagem: Blog Terra Australis
Participei de um dos primeiros cursos de primeiros socorros em áreas remotas da NOLS no Brasil e o primeiro no sul do país (o Wilderness First Aid - WFA with RCP), ministrado em Porto Alegre em dezembro de 2009, em parceria com a empresa de trabalhos em altura Stonehenge Alpinismo Industrial, do meu amigo Elton Fagundes (confira AQUI). Neste curso fui colega do Josemar Contesini, de Cambará do Sul, coração da região dos Campos de Cima da Serra, no RS.

Pois a NOLS está voltando ao RS para oferecer seu curso de primeiros socorros nas versões básica e avançada, agora em parceria com a empresa Nativa Consultoria e Assessoria, de Cambará do Sul/RS, que atua na área de ecoturismo e turismo de aventura e da qual o Josemar Contesini é sócio.

Além do Wilderness First Aid - WFA with RCP, o curso básico com 20 horas-aula, também será realizado o módulo avançado Wilderness Advanced First Aid - WAFA, com abrangência urbana e outdoor e carga horária de 40 horas-aula. O treinamento será ministrado na Casa do Turista, em Cambará do Sul/RS, entre 16 e 18 de março. A inscrição para o módulo básico custa R$ 495,00 e R$ 595,00 para o módulo avançado, sendo que maiores informações podem ser obtidas pelos telefones (54)3251-1027, (54)8117-1017, pelo email consultoria.nativa@gmail.com e no cartaz de divulgação ao final desta postagem.

Por pura coincidência e antes de saber destes cursos da NOLS em Cambará do Sul, nesta semana contatei a Medicina da Aventura, que oferece o curso "Primeiros Socorros em Áreas Remotas (WFA - Wilderness First Aid) – ECSI" .

O treinamento oferecido pela Medicina da Aventura é certificado pelo Emergency Care & Safety Institute - ECSI, instituição norte-americana que atua não somente na área outdoor, mas também na urbana e industrial. O curso WFA visa fornecer uma base prática em medicina do meio selvagem para socorristas e praticantes de esportes junto à natureza, treinando o aluno em métodos de gestão de emergências médicas, trauma e urgências. O corpo de instrutores da Medicina de Aventura é composto todo por profissionais certificados e com experiência em atividades de aventura.

A próxima edição do curso de primeiros socorros (WFA) da Medicina da Aventura/ECSI será em Piracaia/SP nos dias 20 a 22 de abril, com carga horária de 24 horas-aula e pernoite obrigatório em acampamento. O valor da inscrição, com direito a certificado e material didático é de R$ 590,00. Inscrições pelo email leonardi@medicinadaaventura.com.br e maiores maiores informações AQUI.

O bacana disto tudo é a satisfação de já termos disponíveis no Brasil treinamentos de primeira linha em segurança nas atividades de aventura, com padrão de qualidade e certificação internacionais.

Isto demonstra, ao fim e ao cabo, que finalmente estamos atingindo não só a um nível de conscientização avançado quanto à necessidade da adoção de medidas de prevenção em qualquer atividade de aventura, seja com natureza comercial ou não, bem como da disposição dos praticantes de procurar informação e instrução qualificadas.

É bom saber que a certificação dos alunos em cursos de primeiros socorros é válida por tempo limitado, de forma a exigir dos interessados o treinamento e atualização constantes. Os cursos da NOLS e do ECSI não fogem a regra e, nas palavras da Karina Oliani, instrutora da Medicina de Aventura, é recomendável passar por um refresh no mínimo a cada dois anos.

Segurança e prevenção, assino embaixo!


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

1º Forum Mundial da Bicicleta em Porto Alegre começa amanhã


Pessoal, este não dá para perder!

Um ano após o atropelamento coletivo de um grupo de ciclistas em Porto Alegre estão sendo convocados ciclistas e entusiastas da bicicleta de todo o mundo para participar do fórum que vai ocorrer de 23 a 26 de Fevereiro de 2012 na Capital Gaúcha.

Confira a agenda do evento AQUI!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Fotografia: Melhores do concurso National Geographic 2011

Imagem: Shikhei Goh, Indonesia - Grand Prize Winner and Nature Winner - SPLASHING

A fotografia de natureza acima, tendo com objeto uma cigarra na chuva, foi a grande vencedora do grande National Geographic Photography Contest 2011, um dos mais importantes concursos do mundo.

Foram mais de 20 mil inscritos, amadores e profissionais, representando 130 países.

Abaixo delicie-se com algumas das demais fotos vencedoras!

Imagem: Marius Coetzee, Tanzania - Nature Honorable Mention - PANIC IN THE PAN

Imagem: Angel Fitor, Espanha - Nature Honorable Mention - SUNRISING JELLYFISH

Imagem: Stefano Pesarelli - Nature Honorable Mention - THE HUNT

A foto acima é interessante pois mostra que nem sempre a técnica perfeita é necessária à boa imagem. O fotógrafo procurou aplicar o efeito de panning, movimentando a câmera enquanto acompanha o objeto retratado e assim transmitir a noção de movimento. Mesmo com o efeito imperfeito, a imagem terminou por retratar o dramático momento da caça, desfocando todos demais detalhes que pudessem tirar a atenção do observador e ainda assim mantendo um belo senso estético, onde somente o essencial da imagem prevalece.

Imagem: Kent Shiraishi, Japão - Nature Honorable Mention - BLUE POND & FIRST SNOW

Imagem: Anuar Patjane, Nepal - Places Honorable Mention - CYBER MONSOON

 Gostei bastante desta última fotografia, que prende o olhar em um clima estilo Blade Runner, mostrando em preto-e-branco uma torrencial chuva em Bhaktapur, Nepal. A água que cai sobre os velhos edifícios de tijolos e madeira contrasta o confronto de duas eras, o tradicional e o moderno representado pelos cartazes de cigarros, refrigerantes e do cyber café...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Ecologia: Seis Parques Nacionais ganham novos mapas

Fonte: Divulgação
Por uma parceria da Associação Brasileira de Empresas de Turismo de Aventura, a ABETA, com o Ministério do Turismo, Instituto Chico Mendes e o Ministério do Meio Ambiente seis parques nacionais brasileiros ganharam mapas específicos para uso público:
  1. Serra dos Órgãos
  2. Fernando de Noronha
  3. Chapada dos Veadeiros
  4. Anavilhanas
  5. Aparados da Serra e
  6. Serra Geral (este parque está incluído no mesmo mapa do Aparados da Serra)
A notícia é ótima, ainda mais diante da bem conhecida carência de informações disponíveis ao público interessado e, principalmente, porque os mapas podem ser baixados gratuitamente a partir do site da ABETA.

Dei uma boa olhada no arquivo relacionado ao Parque Nacional da Serra Geral (mesmo mapa do Parque Nacional Aparados da Serra). Ali aparece um pequeno resumo de informações sobre a região, o parque e estão marcadas as trilhas "oficiais" e unicamente as opções de hospedagem associadas à ABETA.

No aspecto cartográfico vê-se que devem ter sido elaborados a partir das cartas disponibilizadas pelo Serviço de Levantamento do Exército/IBGE, com um tratamento estético e uma "limpeza" dos detalhes. Não chegam a substituir suficientemente as informações necessárias para quem estiver disposto a embrenhar-se na natureza um pouco fora dos caminhos tradicionais e, neste caso, é bom munir-se das tradicionais cartas topográficas.

Ainda estamos longe de ter à disposição no Brasil os mapas digitais em 3D de parques nacionais já disponíveis no exterior para uso em GPS mas, com (muita) paciência, espero que um dia cheguemos lá.

De qualquer forma, por este mesmo projeto de fomento aos parques e entorno, espera-se que outras unidades brasileiras venham a ser contempladas com este bela e elogiadíssima iniciativa!