segunda-feira, 26 de julho de 2010

Náutica: Baleia salta sobre veleiro na costa da África do Sul

(Foto: MSNBC)

Acredite se quiser. Esta foi demais!

De tantas imagens e vídeos fake que rolam livremente pela internet, de vez em quando é difícil acreditar no que se vê, em especial quando a realidade supera a imaginação.

No litoral africano da Cidade do Cabo uma baleia franca de 33 metros e cerca de 40 toneladas simplesmente saltou sobre um pequeno veleiro. Sem feridos mas com um enorme susto para os tripulantes, a cena foi integralmente captada em vídeo a partir de uma embarcação que navegava próxima ao veleiro.

Se o azar foi do dono do veleiro pelos prejuízos materiais sofridos, sem dúvida foi sorte grande do cinegrafista amador que estava com sua câmera acionada exatamente no local e na hora certa e captou o seu momento de ouro. Agora é só aproveitar seus 5 minutos de fama enquanto o vídeo corre o mundo inteiro.

O veleiro, tripulado por um casal de namorados, conseguiu voltar ao porto navegando a motor.

- "Nós estávamos observando a baleia por aproximadamente meia hora", disse Paloma Werner, que estava no iate com seu namorado, o instrutor de iatismo Ralph Mothes.

- "Ela estava a cerca de 100 ou 200 metros de nós quando desapareceu sob a água e reapareceu a uns 10 ou 20 metros do barco, mas nós não pensamos que ela estivesse em rota de colisão", disse Werner.

(Fonte: MSNBC)

Confiram com seus próprios olhos:

P.S: Sobre o tema agrego este complemento publicado pelo amigo Danilo, do Popa.Com:

"Por que baleias esbarram em barcos? Em um belo domingo na África do Sul, uma jovem baleia de 40 toneladas atingiu um iate à vela de 10 metros que estava no Cabo da Boa Esperança. O animal atingiu o barco quebrando o mastro, e antes de deslizar de volta para o mar deixou pele e gordura no convés do iate.Qual a probabilidade de um ataque de baleia intencional? Provavelmente, ela simplesmente cometeu um erro. Embora haja muitos casos conhecidos de baleias atacando navios, é altamente improvável que esta pretendesse bater no iate.

Baleias jovens são como motoristas adolescentes: mais propensas a julgar errado as coisas e a se acidentar do que os adultos. A maioria da aquisição de cicatrizes nas baleias vem das complicações que acontecem aos jovens.Em todo caso, baleias não são conhecidas por serem agressivas. No máximo, um bebê pode ser curioso.

Por exemplo, em 2001, no Havaí, um bebê de baleia jubarte de 6 metros e 15 toneladas saltou sobre as costas de um barco de observação de baleias, quebrando o joelho de um passageiro.A função de saltar das baleias não é bem compreendida. Estas acrobacias podem ser sinal de agressão ou irritação, mas pode também ser simplesmente um ato de exuberância de uma baleia jovem.

Segundo biólogos, tais comportamentos podem ter significados diferentes de ataques deliberados. Se houve qualquer intenção agressiva, a baleia deve ter tido um bom motivo, como ser assediada pelo barco.

Instituições da África do Sul estão investigando se o barco estava “perturbando” a baleia, por exemplo, se aproximando repetidamente do animal mais do que o limite legal, que é de 300 metros.

Vindo de cetáceos, as expressões de agressividade mais comuns são lançar água ou dar um tapa com a cauda. Talvez o exemplo mais famoso ocorreu em 1820, quando um navio baleeiro de 218 toneladas foi abalroado por uma baleia e afundou. O incidente inspirou Herman Melville a escrever Moby Dick. (***)

E embora tenha sido notícia no início deste ano, uma orca cativa que atacou e matou seu treinador, não é tão comum que baleias ataquem. É inclusive mais raro que afundem um barco, considerando a freqüência com que eles as perturbam em praticamente todos os oceanos. "

(Fontes: HypeScience / Popa.Com)

(***) O fato que inspirou Herman Melville está descrito na excelente obra de Nathaniel Philbrick "No Coração do Mar", quando uma baleia do tipo cachalote atacou e afundou o navio baleeiro Essex em pleno Oceano Pacífico. A resenha do livro e meus comentários já foram postados neste blog. Veja aqui.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Fotografia/Amazônia: Rodrigo Baleia - Um dia de trabalho na selva

Recebo do Rodrigo Baleia, fotógrafo gaúcho radicado em Manaus um vídeo feito por ele mesmo por meio de um IPod Nano.

Rodrigo é fotojornalista ambiental há mais de dez anos. Trabalha regularmente para o grupo Greenpeace e colabora com a National Geographic Brasil desde 2001. Tem seus projetos pessoais distribuídos por agências como a Gettyimages, ZumaPress e Folha Press.

De forma divertida e bem-humorada ele mostra no vídeo um dia de trabalhos fotógráficos sobrevoando a selva amazônica a serviço do Greenpeace.

O interessante também é a forma em que o vídeo foi produzido, somente com um Ipod Nano, pelo próprio Rodrigo. Fiquei pensando de que forma ele teria conseguido que as imagens ficassem tão estáticas, considerando que estava, inclusive, a bordo de um avião.

E aí veio a resposta do próprio:

"HAHAHAHA, boa o Ipod vem em um suporte de plástico e consegui resolver o problema fixando esse suporte com fita adesiva nos bancos do avião em algum momento consegui fixar na cabeça do tripé (tbm c/ suporte de plastico).

optei por ele pois eu ia comprar uma câmera tipo as de capacete, mas ai vi que esse ipod tem um case da http://www.h2oaudio.com/ que conseguia solucionar o meu problema."

É isto aí! Criatividade acima de tudo, também na fotografia...

Visitem AQUI o blog do Rodrigo.

Dia de trabalho from Rodrigo Baleia on Vimeo.

domingo, 18 de julho de 2010

Fotografia/México: Tenochtitlán, a cidade das portas


Uma viagem a trabalho me levou certa vez a uma estada na Cidade do Mexico. A profusão de cores, ruídos e aromas aguçava os sentidos em sua plenitude. Longe do meu chão, que são as fotos de natureza, me vi vagando pela cidade e, imitando Glauber, com uma pequena câmera no bolso e muitas idéias na cabeça.

Consta que a cidade do México foi fundada em 1325 pelos Astecas e e corresponde à antiga Tenochtitlán, o centro do que foi uma das maiores civilizações précolombianas no nosso Continente.

Com a chegada dos espanhóis e a mando de Hernán Cortés, construiu-se uma nova cidade sobre as ruínas da antiga. Esta arquitetura colonial ainda é de todo presente naquela que é uma das maiores metrópoles do mundo, resistindo a guerras, revoluções, terremotos e à fúria imobiliária dos tempos recentes.

Caminhando pelo seu Centro Histórico, as portas dos prédios e igrejas coloniais são uma atração à parte. Construídas para resistir ao ataque dos homens, sobreviveram também à inclemência do tempo, algumas contando com mais de 300 anos de idade.


Testemunhas mudas de épocas passadas, estas portas e passagens ainda guardam impávidas jardins escondidos, templos de sossego e um sem-número de secretos recantos onde um passante cansado pode esconder-se do caos urbano e do implacável sol do verão mexicano.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Náutica/Arqueologia: Navio mercante do século XVIII encontrado sob o "Marco Zero" em Manhattan

(Foto: Washington Post)

Navegando pela internet sempre se descobrem notícias curiosas.

Agora em julho foram descobertos os restos de um antigo navio mercante do século XVIII exatamente no local onde antes se situavam as Torres Gêmeas, o chamado "Marco Zero", em Manhattan, Nova Iorque.

(Foto: Washington Post)

Com os restos do navio de cerca de 10 metros foi também encontrada uma âncora, supondo-se que tenha sido coberto de terra quando dos antigos trabalhos de aterro da ilha de Manhattan.

Arqueólogos estão submetendo amostras do madeiramento do navio a exames de datação a fim de identificar com mais precisão a sua verdadeira idade.

Em 2008 um caso semelhante ocorreu em Buenos Aires, quando em uma construção no Bairro La Boca foi encontrado sob 7 metros de solo um navio espanhol, este com 28 metros e cerca de 300 anos de idade.

Os despojos desta embarcação foram recuperados e transladados para o turístico Puerto Madero. Com eles uma grande coleção de artefatos foi igualmente restaurada, composta de canhões, moedas, vasilhas, cachimbos, pregos, espelhos e chaves, dentre vários outros objetos.

Em função disto o achado foi considerado uma das mais importantes descobertas arqueológicas já havidas em Buenos Aires.

(Foto: Trabalhos de remoção para o Puerto Madero em 2010. Agência EFE)

domingo, 11 de julho de 2010

Ecologia: Costeau na Lagoa do Peixe

(Foto: Arquivo ICMBIO)

A notícia desta ilustre visita à região litorânea do Rio Grande do Sul foi publicada na página 3 do Jornal Zero Hora deste domingo, em Porto Alegre.

Agradecendo convites para palestras e ampla exposição na mídia do Rio de Janeiro e São Paulo, Jean-Michel Costeau, filho do famoso Comandante Jaccques Costeau, preferiu trocar o exercício da fama pela exploração dos solitários horizontes do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, em pleno inverno gaúcho.

Titular da Ocean Future Society, ONG que busca o desenvolvimento de soluções sustentáveis para o oceano e vida marinha, o famoso ecologista é considerado um dos principais ativistas pró-ambiente do mundo, levando adiante o legado do seu pai, oceanógrafo, mergulhador e explorador francês, pioneiro na exploração das profundezas do mar.

Na imagem acima Jean-Michel assina o livro de presenças da Estação Ecológica do Taim, onde estive em março deste ano acompanhando como fotógrafo de natureza as gravações de um programa educativo para a televisão (veja aqui), além de inúmeras visitas com meu grupo de fotografia.

Segundo informou o ICMBIO, dentre vários programas disponíveis para visitação no Brasil, Costeau escolheu conhecer o Parque Nacional da Lagoa do Peixe, que conta com três títulos internacionais pela sua relevância para a conservação das aves migratórias.

Apesar da fama internacional da Lagoa do Peixe ainda são poucos os gaúchos que conhecem este maravilhoso santuário localizado bem debaixo do seus narizes.


(Mapa: Bemtevibrasil)

terça-feira, 6 de julho de 2010

O Terra Australis está de cara nova: 3 anos de blog!

Para marcar a passagem dos três anos do blog resolvi mudar radicalmente a sua cara.

Nascido a partir do meu antigo site Terra Australis, optei pelo blog por ser bem mais acessível e fácil de editar para alguém com parcos conhecimentos de linguagem html. O seu primeiro layout foi escuro, com fundo preto, a fim de ressaltar as fotografias, o principal tema das postagens.

Embora criado em setembro de 2007, realmente comecei a postar um pouco mais tarde, maturando as idéias e o perfil do site.

Inclui no site o contador de visitas em maio de 2009 e a partir daí foram contabilizados até hoje 9.293 visitantes de 65 países (sendo 8.104 brasileiros) , 15 mil visualizações e uma média diária de 30 leitores nos últimos meses.

O recorde até o momento foi de 59 acessos em um mesmo dia em função da matéria sobre a escalada em rocha em Caçapava do Sul, sendo que a média de visitas de visitas ao site tem aumentado constantemente desde a sua criação.

A partir do blog já fiz muitos contatos. Ora é alguém que deixa um comentário, ora alguém trocando informações a respeito de algo que lhe interessou, ou alguém solicitando a utilização de algumas das imagens aqui publicadas.

Analisando os registros de visualização das páginas do blog, não tenho menor idéia, por exemplo, de como veio parar por aqui gente de lugares tão longínquos como o Qatar, China, Ucrânia, Túnisia, Croácia ou o Kenia...

O que vale é que, ao quase completar seu terceiro aniversário, o Terra Australis tem sido uma grande experiência e agradeço aos que tem deixado aqui suas mensagens, sempre construtivas e estimulantes, esperando que gostem da nova face do site, agora muito clara e mais alegre.

Para quem está chegando agora, seguem aí os links de algumas das minhas postagens preferidas, seja pelo tema, pelas imagens ou pelo prazer que tive em escrever o texto, desde a criação do blog.

Um grande abraço,

João Paulo

- Por que este blog se chama Terra Australis?

- Cadernos da Patagônia: uma Viagem ao Fim do Mundo

- Crônica: Desculpas para Darwin

- Fotografia: No Arquipélago Fernando de Noronha

- Cone Sul/Argentina: A Mítica Ruta 40

- Crônica: Aparados da Serra. De pai para Filho

- Fotografia/Náutica: Mar de Dentro II. Uma Noite no Porto do Barquinho

- Fotografia: Minha Turma!

- ESPECIAL - Livros/Náutica/Fotografia: Shackleton, Hurley e a inacreditável saga do Endurance

- Fotografia/4x4: O Farol Cristóvão Pereira

- Fotografia/4x4: Extremo Sul - De Volta ao Taim

- Fotografia/Escalada: Caçapava do Sul, o Berço do Montanhismo Gaúcho

segunda-feira, 5 de julho de 2010

4x4: Curso de Condução Fora de Estrada – Porto Alegre/RS – 17 e 18 de Julho de 2010


Dos meus amigos Ruy e Fábio da Rotas e Trilhas recebo divulgação de mais um curso de técnica em 4x4, para pilotos com ou sem experiência na aventura.

Conheço a Rotas e Trilhas há mais de uma década, já tendo acompanhado diversos eventos, dentre eles as gravações do Programa Adrenalina em março deste ano no Taim/RS (veja aqui).

Primando sempre pela segurança e aproveitamento dos participantes, a Rotas e Trilhas é a empresa do gênero mais experiente e bem organizada no sul do país.

Confiram aí a divulgação da rapaziada:

"A Rotas e Trilhas oferece mais uma edição do conceituado Curso de Condução Fora de Estrada para os amantes da aventura 4x4. Este curso é destinado para todos aqueles que gostam do esporte, e desejam obter o máximo do seu veiculo com o máximo de segurança.

O mesmo é voltado para fazer você se surpreender com o que o seu veiculo é capaz de fazer. Venha e aprenda técnicas para dirigir com segurança em diferentes tipos de terreno: terra, pedra, lama, água e muito mais.

Aprenda as respostas para as dúvidas mais comuns, como: O que é angulo de ataque? Como usar o guincho com segurança? Qual o melhor pneu para cada tipo de terreno? O que é vão-livre? O que é um inclinômetro? O que fazer para não atolar? E o que fazer se atolar? Como transpor obstáculos com segurança? Estas e muitas outras perguntas serão respondidas no curso.

Faça sua inscrição agora mesmo e comece já a desfrutar de todo o potêncial que o seu veículo 4x4 pode lhe oferecer e sinta toda a emoção do fora de estrada.

O curso é composto de 2 aulas, sendo um dia de aula teórica - sábado, das 09:00 as 18:00, e outro dia de aula prática - domingo. A aula teórica será em Porto Alegre, em local que será informado aos inscritos. A aula prática terá inicio as 09:00 e percorre trilhas no entorno de Porto Alegre, com previsão de encerramento as 16:00.

Requisitos obrigatórios:

Veículo 4x4 em condições para a aula prática, carteira de habilitação nacional dentro da validade.

Investimento:

O investimento é de R$ 200,00 por aluno. A inscrição somente é garantida após a correta comprovação do depósito. Entre em contato com a organização para informações.

Inscrições e outras informações:

Para inscrições, dúvidas ou outras informações, entre em contato conosco via o e-mail rotas@rotasetrilhas.com ou pelo telefone (51) 9917-2559.

Obs.: Em caso de desistência informada à organização até 24 horas antes do inicio do curso, o valor pago será revertido para crédito integral passível de uso em outro evento promovido pela Rotas e Trilhas. Em caso de não comparecimento ou desistência informada com menos de 24 horas do inicio do curso, 50% do valor pago será revertido para crédito passível de utilização em outro evento promovido pela Rotas e Trilhas.

Rotas e Trilhas
http://www.rotasetrilhas.com/
rotas@rotasetrilhas.com

Telefones: (51) 9917-2559 / (51) 3336-6436

Twitter: http://twitter.com/RotaseTrilhas

MSN: fabio@rotasetrilhas.com"

domingo, 4 de julho de 2010

Argentina/Escalada: III Ice Climbing Festival Vallecitos 2010

Em julho do ano passado estive acompanhando como fotógrafo o II Festival de Escalada em Gelo de Vallecidos, na Província de Mendoza, Argentina, organizado pelo guia de montanha Humberto Câmara Junior - Veja o link aqui.

Humberto, que é gaúcho radicado nos Andes Argentinos há muitos anos, divulga a 3ª Edição do Ice Climbing Festival 2010, a realizar-se nos próximos dias 17 e 18 de julio em Vallecitos, onde os competidores demonstrarão suas habilidades em cascatas congeladas artificiais especialmente construídas para o evento.

Segue abaixo o convite do Humberto:

"Hola amigos, buenos días!

Les escribo para invitarlos al tercer festival de escalada en hielo, dias 17 y 18 de julio en Vallecitos Mendoza, torneo abierto con impecable premiación, musica, diapositivas, gastronomia y mucha escalada en cascadas congeladas!

Será un gusto encontrarlos allá en esta fecha tan importante, que es cuando se materializan los sueños de mucha gente!

Un saludo enorme a todos !

Humberto Câmara Junior

"Sueño que se sueña solo, es solo un sueño que se sueña solo, pero sueño que se sueña juntos es realidad!"

Raul Seixas

http://www.vimeo.com/12928239 "

Vejam aí algumas imagens de Vallecitos e da preparação das cascatas para o festival 2010:

Ice Climbing Festival 2010 from ICFVALLECITOS on Vimeo.

Ice Climbing Festival Mendoza - Argentina 2010 from ICFVALLECITOS on Vimeo.