sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Livros/Escalada: A Bíblia do Montanhismo (e do Trekking)

Tendo colaborado para vários meios de informação com artigos sombre atividades junto à natureza, volta e meia recebo algum pedido de indicação de um bom manual sobre caminhadas, camping e montanhismo. Carentes que são os brasileiros de qualificada literatura técnica no ramo das atividades ligadas à natureza - e até que os editores nacionais despertem para este ávido segmento do mercado -, é necessário recorrer às obras estrangeiras considerando o histórico desenvolvimento destas atividades nos Estados Unidos e Europa.

Assim, se tivesse que escolher um livro de cabeceira para atividades na montanha, este seria aquele que é considerado "o manual dos manuais" ou a "Bíblia da Montanha": "Mountaineering, The Freedom of the Hills" (Montanhismo. A Liberdade dos Cumes), de Don Graydon e Kurt Hanson.

Publicado pela primeira vez há em 1960 e já na sua sétima edição americana atualizada, com mais de 500.000 exemplares vendidos, este manual é referência essencial para iniciantes e veteranos e o livro-texto obrigatório nos melhores cursos estrangeiros não só para escalada mas também para atividades de trekking e outras praticadas junto à natureza. Para os brasileiros que se aventuram pelas regiões andinas, os trechos do texto que tratam sobre o clima em montanha são especialmente instrutivos para nós que estamos habituados aos ambientes tropicais, seja o objetivo uma escalada em alta montanha ou uma simples travessia e motocicleta da Cordilheira dos Andes onde uma repetina mudança de clima pode por fim àquela viagem dos sonhos por anos acalentada.

O manual divide-se em seis grandes capítulos, abrangendo com profundidade e mais de 480 ilustrações os seguintes temas: Fundamentos das Atividades Outdoor; Fundamentos da Escalada; Escalada em Rocha, Neve, Gelo e Escalada Alpina; Prevenção e Procedimentos de Emergência; O Ambiente da Montanha.

Em linguagem acessível e didática, são abordados inúmeros assuntos, dentre eles a geologia e o clima em montanha, o uso detalhado de equipamentos desde as vestimentas até as mais sofisticadas ferramentas de alta montanha, navegação e cartografia, nós, deslocamento sobre neve, gelo e glaciares, técnicas de mínimo impacto do homem na natureza, além de apêndices com indicação de extensa bibliografia complementar.Para quem se sente mais confortável com o espanhol do que com o inglês, a obra pode ser encontrada em versão castelhana pelas Ediciones Desnivel de Madrid, especializada em montanhismo.

Mountaineering, The Freedom of the Hills. COX, Steven M. e FULSAAS, Kris. The Mountaneers Books, 2003, 575 p. ISBN 978089886827
Montañismo, La Liberdad de las Cimas. GRAYDON, Don Graydon e HANSON, Kart. Madrid: Ed. Desnivel, 2004, 656 p. ISBN: 9788496192553

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Fotografia: No Arquipélago de Fernando de Noronha

Em 2004 estive alguns dias no Arquipélago de Fernando de Noronha, uma experiência imperdível para quem gosta de fotografar natureza.

Descoberto por portugueses em 1500, foi ocupado também por ingleses, franceses e holandeses, tendo sido colônia prisional, ponto de parada das primeiras companhias de aviação transatlântica, posto de telégrafo internacional e também base americana durante a Guerra Mundial, sendo local de diversos monumentos históricos.

(Fernando de Noronha como colônia prisional. Foto Wikipédia)

Hoje o arquipélago sedia o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha e um importante local de estudos marinhos e de atuação dos projetos TAMAR e Golfinho Roteador. É um dos grandes locais no mundo para mergulho e observação submarina.

(localização de Fernando de Noronha no Oceano Atlântico)

Seguem aí algumas imagens daquela viagem...

Copyright de todas as imagens © 2004 João Paulo Lucena. Proibida reprodução desautorizada.

sábado, 1 de novembro de 2008

Livros/Cinema: Into the Wild, na senda de Jon Krakauer

Poster do filme "Na Natureza Selvagem". Fonte: Divulgação

A adaptação para o cinema da obra já cult de Jon Krakauer "Na Natureza Selvagem" (Into the Wild, 1996), editada no Brasil pela Companhia das Letras em 1998 justifica o resgate desta obra publicada no Brasil apenas em 1994 mas que na época não teve a repercussão que merece, agora resgatada pelo sucesso do filme dirigido por Sean Penn e estrelado por Emile Hirsch e com uma belíssima trilha sonora do Eddie "Pearl Jam" Vedder.

Influenciado pelo estilo jornalístico de Truman Capote e envolvendo-se de corpo e alma nos assuntos sobre os quais descreve cada detalhe, Krakauer é também um excelente montanhista e um dos principais editores da prestigiada Outdoor Magazine, repositório de históricas reportagens sobre atividades junto à natureza como Into the Wild e Into the Thin Air do próprio Jon Krakauer e The Perfect Storm de Sebastian Junger, todas transformadas em posteriores best sellers.

Em "Na Natureza Selvagem", Krakauer narra a história do jovem Chris MacCandless que abandonou os bens materiais e a vida confortável em busca de si mesmo e de uma vida pura e ascética junto à natureza. Anos após o seu desaparecimento, MacCandless é encontrado morto no Alaska.


O romance foi idealizado em 1992, quando Krakauer foi enviado para a região pela revista norteamericana Outdoor Magazine para reportar a descoberta do corpo de um jovem aventureiro. O escritor, porém, não imaginava que aquela viagem seria o início de uma obcecada investigação, coroada pelo sucesso editorial publicado, anteriormente, no Brasil pela Companhia das Letras, o best seller "No Ar Rarefeito".

Os excelentes Emile Hirsch e Sean Penn nas gravações da versão para o cinema.
Fonte: Divulgação

Depois da publicação da obra e da exibição da versão cinematográfica dirigida por Sean Penn o ônibus na Stamped Trail, em Healy, Alaska, virou um local de romarias visitado constantemente por fãs da obra de Krakauer.

A fotografia abaixo é a última imagem do verdadeiro Chriss MacCandless e foi revelada a partir do negativo da câmera fotográfia encontrada após a sua morte no ônibus que lhe serviu de derradeiro refúgio.



Bibliografia de Jon Krakauer:

  1. Eiger Dreams: Ventures Among Men and Mountains, 1990, ISBN 0-385-48818-1. No Brasil Sobre Homens e Montanhas, São Paulo: Cia. das Letras, 1999
  2. Into the Wild, 1996, ISBN 0-385-48680-4. No Brasil Na Natureza Selvagem, São Paulo: Cia. das Letras, 1998
  3. Into the Thin Air, 1997, ISBN 0-385-49208-1(expandido a partir do artigo original publicado na Outside Magazine (EUA). No Brasil a última edição é No Ar Rarefeito, São Paulo, Cia. das Letras, 2006
  4. Under the Banner of Heaven: A Story of Violent Faith, 2003, ISBN 0-385-50951. No Brasil Pela Bandeira do Paraíso – Uma História de Fé e Violência, São Paulo: Cia. das Letras, 2003

Confira aqui o trailer da versão para o cinema de Into the Wild.



POSTAGENS RELACIONADAS NESTE BLOG: