domingo, 7 de novembro de 2010

Música: É hoje! Bem-vindo ao sul Paul McCartney!


Quem foi rei não perde a majestade jamais!

Ainda mais quando se fala de Paul McCartney, 68 anos e com uma capacidade inigualável de  manter juventude e energia capazes de lotar estádios no mundo inteiro e que hoje se apresentará para 50 mil pessoas aqui em Porto Alegre.

Para mim, que em tempos idos já me considerei um autêntico Beatlemaníaco, influenciado em modo "lavagem cerebral" pelo grupo inglês que tocava incessantemente no toca-discos (vinil, obviamente) das minhas tias, ter Paul McCartney em Porto Alegre é algo que seria inconcebível anos atrás...

Conta a história familiar que quando Ringo Starr se casou uma das minhas tias chorou, alí, assim, como se fossem vizinhos de bairro e o casamento do Beatle tivesse de fato sepultado os seus mais dourados projetos conjugais... Ainda hoje minha tia nega esta versão mas a separação do grupo em 1970, desnecessário dizer, foi uma tragédia, mas pelo menos com repercussão mais democrática, deixando órfãos fãs de todos os cantos do globo!

Lennon e Yoko Ono
 Lembro também do dia do assassinato de John Lennon em 1980, quando um insano ato de violência individual em frente ao Edifício Dakota, praticado por um dito fã, deixou um mundo estarrecido, calando para sempre a voz de quem sempre se bateu pela paz e a fraternidade entre os homens.

Escutei no rádio o informe e fiquei paralisado, estarrecido, não podia ser verdade. Enquanto a notícia circundava o globo as emissoras em Porto Alegre tocavam incessantemente músicas como Imagine, Give Peace a Chance e Love Love Love.

As vezes escuto algumas comparações sem sentido, tipo quem foi o maior grupo de rock da história: The Beatles ou The Rolling Stones?

Ora, se pararmos para pensar que os primeiros somente estiveram juntos por 8 anos na formação Paul-John-George-Ringo, entre 1962 e 1970, já se vê pelo conjunto da sua obra e pela influência que até hoje representam na música popular universal que não há termo de comparação com qualquer outro grupo roqueiro, especialmente os Stones que continuam trabalhando juntos desde 62, com quase 50 anos de união.

E isto para não se falar nas carreiras individualmente seguidas após a dissolução do grupo, como no presente caso de Paul McCartney.

O álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1967) por exemplo, para não falar em vários outros, é considerado simplesmente uma obra-prima e no todo da discografia os Beatles já venderam até hoje mais de 1 bilhão de discos.

O taxista Mario Ely, 61, é fã dos Beatles em Porto Alegre. Foto: Clic RBS
Apple Records
Em homenagem ao grupo e especialmente ao grande Paul McCartney que hoje se apresenta em show memorável na capital gaúcha, deixo aqui um dos meus vídeos prediletos, Get Back, parte do concerto Let It Be, também chamado Rooftop Concert, o último apresentado pelo quarteto inglês no telhado dos estúdios da gravadora Apple, em Londres, em janeiro de 1969.

Vida longa a Sir Paul McCartney!


* - * - * - * - *

P.S.: É claro que o show em Porto Alegre foi um sucesso! Quer uma palhinha? Então veja aqui um clip do Fotógrafo Renato Grimm com a as músicas Ob La Di Ob La Da e Hey Jude:



2 comentários:

  1. Também fizemos um pequeno post sobre o Paul, gostaríamos que, se pudesse, também conhecesse o nosso blog. Um abraço!
    http://absintomuitorock.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Fiquei sabendo que o Paul falou até "gauchês" no show de Porto Alegre! Espero que o de São Paulo seja tão bom quanto!

    ResponderExcluir