terça-feira, 20 de setembro de 2011

20 de Setembro: A grande festa gaúcha!


Aprendendo a matear. São José dos Ausentes/RS
Foto: JPLucena
Hoje foi feriado estadual no Rio Grande do Sul quando comemorou-se a data máxima gaúcha: o aniversário da Revolução Farroupilha, também conhecida como a Guerra dos Farrapos.

Iniciada fundamentalmente por motivos econômicos e políticos em 1835, o Rio Grande declarou-se Estado independente até que, quase que por exaustão, a paz foi selada  com o Império do Brasil.

Não adentrando aqui em detalhes históricos, não há como se conhecer a cultura gaúcha sem relacioná-la com este importante fato que, anualmente, é celebrado em todos os recantos do Estado.

Afinal, apesar das teses separatistas não encontrarem há muito solo fértil no Rio Grande do Sul, recente pesquisa demostrou o que todo mundo já sabia por aqui: a maioria de 54% da população prefere cantar o hino riograndense ao hino nacional, enquanto boa parte dos brasileiros sequer conhece o hino do seu Estado.

E neste ano não foi diferente. Apesar da chuva fina milhares de pessoas assistiram em Porto Alegre e na maior parte das cidades do interior ao desfile do 20 de Setembro, manifestação única de um movimento de resgate da cultura nativa iniciado em 1947 e que deu origem aos conhecidos Centros de Tradições Gaúchas (CTG´s), espalhados por todo o país.

Ter amor à terra em que nascemos, àquela em vivemos ou à que levamos no coração, de modo algum pode ser traduzido como bairrismo, mas trata-se de escolher um pequeno pedaço deste mundo para plantar raízes, alicerçar as referências e formar a identidade que nos diferenciará - pelo menos um ínfimo - de outros 7 bilhões de seres humanos neste planeta.

Mesclando em metades iguais sangue crioulo e italiano na minha origem, não neguei a força do DNA e as tradições familiares. Não cheguei a ir à Avenida sob a chuva como fizeram  portoalegrenses de todas as idades, com seus ponchos, chapéus, guarda-chuvas e o inseparável chimarrão, mas assisti à bela festa em transmissão direta pela televisão.

Desfile Farroupilha em Porto Alegre - 2011
Foto: Fabio Berriel/Freelancer
Deixo aqui transcrito um poema de Glaucus Saraiva, clássico da literatura gaúcha, e algumas imagens da companhia inseparável do gaúcho, não só o habitante do Rio Grande do Sul, mas aquele personagem que ultrapassa fronteiras e que melhor representa a identidade cultural do pampa sul-americano.

"Chimarrão

Amargo doce que eu sorvo
Num beijo em lábios de prata.
Tens o perfume da mata
Molhada pelo sereno.
E a cuia, seio moreno,
Que passa de mão em mão
Traduz, no meu chimarrão,
Em sua simplicidade,
A velha hospitalidade
Da gente do meu rincão.

Trazes à minha lembrança, 
Neste teu sabor selvagem, 
A mística beberagem, 
Do feiticeiro charrua, 
E o perfil da lança nua, 
Encravada na coxilha,
Apontando firme a trilha, 
Por onde rolou a história, 
Empoeirada de glórias, 
De tradição farroupilha.

Em teus últimos arrancos, 
Ao ronco do teu findar, 
Ouço um potro a corcovear, 
Na imensidão deste pampa, 
E em minha mente se estampa, 
Reboando nos confins , 
A voz febril dos clarins, 
Repinicando: "Avançar"!
E então eu fico a pensar, 
Apertando o lábio, assim, 
Que o amargo está no fim, 
E a seiva forte que eu sinto, 
É o sangue de trinta e cinco, 
Que volta verde pra mim."

Nova Petrópolis/RS
Foto: JPLucena

O mate unindo culturas. Vallecitos/Argentina
Foto: JPLucena
Ninho das Águias, Nova Petrópolis/RS
Foto: JPLucena

Nos Andes... Vallecitos/Argentina
Foto: JPLucena

Brasileiros, uruguaios, argentinos, chilenos e paraguaios, o mate sempre como boa companhia.
Cordilheira dos Andes/Argentina. Foto: JPLucena

Posto de combustível civilizado já tem máquina de água quente para o chimarrão!
Em algum lugar do pampa argentino. Foto: JPLucena

A piscina congelou? Não tem problema, combata o frio com um chimarrão bem quente!
Villa Carlos Paz/Argentina. Foto: JPLucena
O autor deste blog em Torres/RS... Foto: Ana Karina Belegantt

Não há como um bom mate para auxiliar na hidratação em alta montanha, seja na Cordilheira Real, na Bolívia... Foto: JPLucena

...seja na barraca dos guias no Aconcágua/Argentina...
Foto: JPLucena
...ou num belo dia de inverno na costa do Uruguay!
Foto: JPLucena


Nenhum comentário:

Postar um comentário