segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Fotografia: Nova EOS-1DX da Canon chega para revolucionar o mercado

Canon EOS 1D X (Foto: Divulgação)
A nova Canon EOS-1D X. Foto: Divulgação

Em recente anúncio à imprensa a Canon divulgou a nova câmera que virá substituir, de uma vez só e com grandes inovações, as tops de linha EOS-1D Mk III e Mk IV.

A descrição da nova câmera EOS-1D X SLR - veja os detalhes no press release abaixo - é simplesmente estupenda, proporcionando aos felizardos que a tiverem em mãos um magnífico instrumento de trabalho e lazer.

Pessoalmente a única alteração que me fez falta foi subsituir o slot para cartões SD para Compact Flash, que agora serão dois na nova geração EOS-1.

Vejam só algumas das características da nova Canon:

- 18 megapixel e sensor full-frame CMOS
- capacidade de 12 fps (frames por segundo) ou 14fps de 18 megapixels no modo JPEG
- utilização de três processadores de imagem DIGIC
- processador de imagem Dual DIGIC 5+, conversor de dados 14-bit A/D
- alta durabilidade e resistência ao uso outdoor
correção automática de irregularidades cromática para várias lentes Canon EF diretamente na câmeras, sem a necessidade de correções através de software de pós-produção
- sensor com sistema ultra-sônico de auto-limpeza
- alta capacidade em baixa luz com ISO 50 a 204.800
- 61 pontos de focagem automática
- sistema inteligente de rastreamento de ponto focal
- primeira Câmera Digital EOS SLR a contar com a função de múltiplos modos de exposição, sem precisar de edição poster em computador
- capacidade de vídeo em full-HD e controle manual de áudio
- nova configuração ergonômica
- dois slots para cartões Compact Flash
- conectividade wireless
- projetada para mais de 400 mil ciclos (clicks)
- acessório GPS
É pouco ou querem mais?

A nova câmera também vem sob encomenda para os realizadores de vídeo e cinema pois, desde o advento da EOS-5D (que também em breve deverá ser substituída por um novo modelo), os equipamentos fotográficos da Canon passaram a ocupar um crescente espaço no mundo da propaganda e do videocinema. Com certeza este lançamento causará um belo frisson no segmento.

A previsão de disponibilidade no mercado é para o mês de março de 2012 e o preço nos EUA será de US$ 6.800,00 apenas o corpo. O acessório para transmissão wireless custará US$ 600,00 e o GPS será lançado em abril de 2012 a US$ 300,00.

A julgar pela média de preços praticada no Brasil o preço por aqui deverá custar em reais no mínimo o dobro do valor dos equipamentos nos EUA.

Veja a seguir o comunicado oficial de divulgação à imprensa brasileira.

___________________________________________________

Press Release


A Canon Latin America, Inc., líder em imagem digital, tem o prazer de anunciar a câmera da série EOS-1D totalmente reformulada, a Canon EOS-1DX SLR. Como a nova líder do arsenal de câmeras profissionais DSLRs da Canon, a EOS-1DX será uma novidade de alta velocidade com 18 megapixel e sensor full-frame CMOS, processador de imagem Dual DIGIC 5+, conversor de dados 14-bit A/D, tudo com a incrível capacidade de 12 fps (frames por segundo).

As câmeras Canon EOS DSLR e acessórios contam com longa durabilidade na entrega de resultados de alta qualidade para profissionais de diversos segmentos, como esportes, natureza, fotografia de casamento e estúdios comerciais. Esse novo modelo vai elevar essa tradição para um nível totalmente diferenciado.

"A EOS-1DX representa a re-invenção da série EOS 1D, combinando as novas tecnologias da Canon que são o resultado do retorno dos clientes e as necessidades do setor. Estamos orgulhosos de apresentar esta câmera, para a comunidade profissional de fotógrafos e cinegrafistas com as características e capacidades de que precisam para capturar os grandes momentos que mostram o seu talento", declarou Taro Maruyama, presidente da Canon Latin America, Inc.

A câmera com ‘Três Cérebros’


O anúncio da EOS-1D vem de encontro com o recente marco de fabricação da Canon, atingido em setembro de 2011, quando a empresa bateu a produção de 50 milhões de EOS-SLR. Além disso, a Canon irá atingir, até o final deste mês, 70 milhões de lentes EF.

Canon EOS 1D X (Foto: Divulgação)

A Canon EOS-1DX apresenta três processadores DIGIC, incluindo o processador de imagem Dual DIGIC 5 +, assim como o DIGIC 4 para a medição e controle de AF. Em conjunto com desempenho do novo sensor de  imagem CMOS da Canon de alta resolução com capacidade de 18 megapixel full-frame, os processadores Dual DIGIC 5+ oferecem a mais alta velocidade de disparo contínuo, menor ruído, e aumento significativo na velocidade de processamento de dados.

Esse novo nível de velocidade no processamento de dados permite que a EOS-1D X execute muitas funções, incluindo a correção automática de irregularidades cromática para várias lentes Canon EF diretamente na câmeras, sem a necessidade de correções através de software de pós-produção. O DIGIC 4 utiliza o novo sistema de medição de 100.000 pixel RGB para o sistema AF de reconhecimento de objetos e face pela cor, e ainda trabalha em conjunto com o novo AF iTR (Inteligent Tracking and Recognition).

A EOS-1DX conta com um sensor de imagem completamente novo, que produz o menor ruído do que qualquer outra câmera digital EOS para retratos e trabalho de estúdio. O sensor de 18 megapixels full-frame CMOS utiliza pixels grandes – 1.25 microns maior do que o sensor da EOS-1D Mark IV e .55 microns maior comparado com a EOS 5D Mark II – e adicionado com as microlentes gapless, alcançam maior eficiência na captação de luz, maior sensibilidade e menos ruído no nível de pixel.

Canon EOS 1D X (Foto: Divulgação)Canon EOS 1D X (Foto: Divulgação)

O sensor de alta sensibilidade melhorou a relação sinal-ruído do sensor de saída na EOS para uma excelente qualidade de imagem, mesmo em pouca luz quando combinada com os processadores de imagem Dual DIGIC 5+. EOS-1DX também vai inaugurar a segunda geração Canon com sensor auto-limpeza, que utiliza uma tecnologia que inclui um revestimento de flúor na película infravermelha para ajudar a repelir e remover partículas menores de poeira do sensor.

O novo sensor tem melhorou ainda mais a relação de sinal-ruído do sensor de saída para uma excelente qualidade de imagem, mesmo em condições de luz extremamente baixa. Combinado com o processador de imagens Dual DIGIC 5+ o resultado é ainda melhor.

As imagens produzidas com o novo sensor da câmera EOS-1D X são de alta qualidade, sendo facilmente ampliadas, se necessário, podendo atender até mesmo os mais exigentes aplicativos de alta resolução. A EOS-1D X também conta com o novo ultra-som de limpeza UWMC (ultrasonic Wave Motion Cleaning), a segunda geração de sensores auto-limpantes da Canon, que utiliza tecnologia de ondas para remover as menores partículas de poeira e inclui ainda um novo revestimento de flúor de infravermelho no vidro que ajuda a repelir a poeira.

A capacidade de pouca luz do X EOS-1D é evidente em sua escala ISO incrível e capacidade para fotografar em ambientes extremamente condições de pouca luz. Ajustável de 100 a ISO 51200 dentro de sua escala padrão, o novo modelo oferece um baixo ISO 50 configuração para estúdio e fotografia de paisagem e duas configurações de alta de 102.400 a 204.800 H1 e H2, ideal para aplicação da lei, do governo ou aplicações de campo.

A capacidade em baixa luz da EOS-1DX é evidente no alcance do seu ISO e na habilidade de fotografar em ambientes de pouca luz. Ajustável do ISO100 ao 51.200, dentro de sua escala padrão, o novo modelo oferece uma baixa configuração de ISO 50 para fotos em estúdio ou paisagens e duas configurações altas de 102.400 no H1 e 204.800 H1 no H2, ideal para aplicação da lei, governo ou aplicações em campo.
Novo sistema AF Point High Density de 61 pontos

A EOS-1DX inclui o novo sistema AF Point High Density de 61 pontos, o mais sofisticado sistema de AF DSLR que a Canon já lançou. Os 21 pontos de focagem na área central são de alta precisão e efeito com aberturas máximas tão pequenas quanto f/5.6, dependendo da lente em uso.

O centro também tem cinco pontos de alta precisão diagonal para aberturas máximas tão pequenas quanto f/2.8. Todos os 61 pontos são sensíveis para contrastes horizontais com uma abertura máxima tão pequena quanto f/5.6 e os 20 pontos externos têm abertura máxima tão pequena quanto f/4.0.

Outras inovações do sistema AF Point High Density de 61 pontos inclui AF para a cobertura de área expandida, com maior capacidade de foco e menor sensibilidade de luz, além de maior capacidade de detecção de baixo contraste em relação ao sistema AF anterior das EOS. (Veja a imagem abaixo para configuração do ponto de AF):

Fonte: Canonrumors.com
Funções AF (Foto: Divulgação)Funções AF (Foto: Divulgação)

Todas as funções AF agora têm seu próprio guia de menu para acesso rápido e fácil (funções AF anteriormente personalizadas em modelos EOS).A nova ferramenta de configuração AF permite a configuração personalizada de sensibilidade de rastreamento, aceleração e desaceleração de rastreamento de objetos e ponto AF de mudança automática, todos facilmente acessados ​​e ajustados por meio d uma nova guia no menu AF. Um Guia de recursos interno auxilia os fotógrafos a utilizar as configurações de acordo com a necessidade.

Semelhante a opção de seleção de pontos AF oferecidas na câmera digital EOS 7D SLR, a EOS-1DX oferece seis modos de seleção AF, Spot, Ponto Único, único ponto em torno de quatro pontos, único ponto em torno de oito pontos, seleção de zona e seleção automática de ponto AF. (Veja na imagem abaixo as opções de seleção do ponto AF):


EOS AF iTR (Foto: Divulgação)EOS AF iTR (Foto: Divulgação)

 
Modo de alta velocidade


Os fotógrafos que já estão familiarizados com a série Canon 1D vão notar que a EOS-1DX tem um layout diferente. O exterior re-projetado e a nova configuração do botão posicionado de maneira ergonômica acessível com mão direita, permite a navegação contínua nas opções de menu.

O botão LV (Live View) está localizado próximo ao polegar para facilitar o manuseio em um simples toque. O botão de rápido controle e fácil navegação permite que os usuários alterem as configurações da câmera usando apenas sua mão direita, utilizando apenas o polegar sobre a roda de rolagem.

O novo multicontrolador fica posicionado de maneira a facilitar o uso da câmera na posição vertical de disparo e permite o mesmo nível de controle com a câmera na posição horizontal. Na frente da câmera, há quatro botões, dois para fotografia vertical e dois para horizontal, permitindo um controle personalizável para fotos em qualquer posição. A câmera também possui um nível de resistência às intempéries equivalente aos modelos profissionais anteriores, como a EOS-1D Mark IV.

A Canon atendeu à solicitação de muitos fotógrafos profissionais e incorporou abertura dupla para os cartões CF na nova câmera DSLR EOS-1DX. Com isso, os cartões permitem que os fotógrafos transportem somente um formato de cartão de memória e têm a capacidade de armazenar instantaneamente seus back-ups.
Este novo nível de desempenho é possível graças a combinação dos 16 canais de leitura do sensor CMOS, os processadores de imagem Dual DIGIC 5+, e um mecanismo de reflexo em espelho completamente novo que foi projetado pela Canon para combinar alta performance com precisão e confiabilidade.

Fonte: Canonrumors.com


EOS HD Video – Novo compressor, para gravações de longa duração

Com um novo sensor CMOS full-frame com mega pixels maiores do que o sensor de imagem encontrado na EOS 5D Mark II, a EOS-1DX utiliza novos formados de vídeo full-HD para trabalhos de pós-produção.

Os dois novos formatos de compressores oferecidos na 1D X incluem ALL-i de compressão para um formado de edição e compressor amigável IPB, dando as opções que os profissionais necessitam para um fluxo ideal de trabalho. Atendendo às necessidades dos cineastas e cinegrafistas, a EOS-1D X inclui dois métodos de incorporação SMPTE compatíveis, Rec Run e Rec Run Free, permitindo múltiplas gravações de som separados que podem ser sincronizados na edição.

O novo sensor CMOS full-frame garante que as imagens de vídeo capturadas na EOS-1D X tenham menos ondulações do que qualquer modelo Canon, resultando em uma melhoria significativa na qualidade de vídeo HD.

Uma característica desejada pelos documentaristas que permite a gravação além da capacidade de 4GB foi incluída na EOS-1DX. A nova câmera faz uma divisão automática de um filme em um único arquivo quando excede 4GB. A função divide em um novo arquivo contínuo de gravação de até 29 minutos e 59 segundos em vários arquivos de 4GB, sem cortes e os arquivos podem ser facilmente conectados na pós-produção, proporcionando aos cineastas o tempo de gravação mais conveniente em uma DSLR.

O vídeo capturado na EOS-1DX terá menos ondulação do que qualquer modelo anterior, sendo uma melhora significativa na qualidade de vídeos full-HD. A câmera grava em Full HD 1920 x 1080 com frames selecionáveis de 24p (23.976), 25p, ou 30p (29.97); e 720p HD ou SD de gravação de vídeo em 50p ou 60p (59,94). Os vídeos SD podem ser gravados em NTSC ou PAL.

A EOS-1D X também inclui controle manual de áudio, ajustável tanto antes como durante a gravação do filme, com configuração automática, ou pode ser desligado completamente. Um filtro contra vento também está incluído. O som pode ser gravado através do microfone mono interno ou através de um microfone externo opcional, através da entrada de microfone estéreo.

Ergonomia melhorada e design otimizado

A câmera também possui um novo design para o obturador, garantindo maior precisão e durabilidade. Destinado para 400.000 ciclos, a nova lâmina de fibra de carbono do obturador são mais leves e duráveis, permitindo que a EOS-1DX alcance mais de 100.000 ciclos a mais que o obturador da EOS-1D Mark IV.

Um novo movimento do obturador ajuda a reduzir ainda mais a vibração na câmera. A EOS-1DX também possui a primeira abertura eletrônica, exclusiva para o nova série 1D das DSLRs, que captura uma imagem com um tempo mínimo de vibração.

Conectividade

Para os profissionais que preferem um sistema de transferência com fio, a Canon incluiu o built-in LAN de conexão no DSLR EOS-1DX. O sistema é capaz de atingir uma velocidade de transmissão de 1000VASE-TX, oferecendo aos fotógrafos uma conexão estável com fio de ultra-rápida transmissão de dados. Mesmo que a rede cair, a câmera vai tentar reenviar as fotos até que os arquivos sejam totalmente transmitidos.

A EOS-1D também possui uma função de transferência direta que permite que as imagens sejam selecionadas e só seja enviada uma vez que uma conexão LAN ou USB seja estabelecida.

Acessórios

Desenvolvido exclusivamente para a EOS-1D X, o novo Transmissor de Arquivo sem fio Canon WFT-E6A tem funcionalidades wireless LAN que suporta taxas de transferência de rede de 802.11n, permitindo aos usuários uma comunicação com mais velocidade quando comparado aos modelos anteriores.

Com o novo modelo mais resistente, os profissionais podem sincronizar os relógios de múltiplas câmeras para o disparo. Além disso, o equipamento é compatível com Bluetooth que pode ser facilmente acionado.

A EOS-1D X também oferece como opcional o Canon GP-E1, um receptor de GPS que pode ser facilmente integrado ao corpo da câmera. Alimentado pela câmera, o GPS conta com maior resistência assim como a EOS-1D X.

Com uma bússola eletrônica acoplada, o GP-E1 registra movimentos como latitude, longitude, altitude, e permite a visualização do movimento da câmera em um PC após o disparo. O dispositivo também grava a direção da câmera em ação, mesmo sendo utilizada na posição vertical.

EOS-1DX com acessório GPS. Fonte: Canonrumors.com



 Múltiplos modos de exposição


A EOS-1D X é a primeira Câmera Digital EOS SLR a contar com a função de múltiplos modos de exposição. A câmera tem mais de nove combinações individuais de fotos em uma única composição de imagem, sem precisar de edição posteriormente em um computador. A máquina tem quatro diferentes métodos de composição que permite maior controle da criatividade, sendo Additive, Average, Bright e Dark.

Os resultados podem ser visualizados automaticamente no monitor de LCD da câmera, além de contar com a função de “desfazer” que permite apagar a imagem para que o fotógrafo tente novamente, se assim desejar.

O modo de Exposição Múltipla na EOS-1D X permite que os fotógrafos especifiquem uma imagem capturada anteriormente como ponto de partida para uma imagem composta com múltiplas exposições.EOS AF iTR: rastreamento inteligente melhora o desempenho

A EOS-1D X tem incríveis características novas como o EOS AF iTR (Intelligent Tracking and Recognition), que é ideal para fotografias de casamento, eventos esportivos e fotojornalismo.

O modo AF padrão para a EOS-1D X usa a fase de detecção de informações AF, enquanto uma segunda nova opção usa a tecnologia de Detecção de Rosto para rastrear os rostos reconhecidos, além de informação de cor, ideal para fotografar eventos como o tênis ou apresentações de dança, já que o sistema de reconhecimento facial vai ajudar a manter a pessoa em foco durante a cena em movimento.


Ergonomia e conectividade no mais novo membro da família EOS-1. Fonte: Canonrumors.com



Controle de exposição

Pela primeira vez em uma câmera Canon DSLR, um processador DIGIC é usado exclusivamente como sensor de velocidade para medir precisamente o controle de exposição.

A vantagem do processado Canon DIGIC 4 na EOS-1D X é o sensor de medição de 100.000 pixel em que utiliza 252 zonas de medição e 35 zonas em baixa iluminação para ajudar na medição matricial e na medição do flash.

O novo recurso de reconhecimento dos objetos melhora quase todas as funções automáticas da câmera, auxiliando a ajustar a exposição, o autofoco, o Auto Lighting Optimizer e o Automatic Picture Style, garantindo a melhor qualidade e precisão da imagem

A EOS-1D X inova no mundo das SLRs digitais, oferecendo um modo de alta velocidade que aumenta a capacidade do disparo para até 14fps (frames por segundo) de 18 megapixels no modo JPEG.

A câmera também permite a captura de imagens em JPEG RAW, JPEG ou RAW com velocidade de até 12fps no modo One Shot AF ou AF Al Servo que melhora o desempenho em fotografia de esportes e outras aplicações que requerem alta velocidade na captura de imagens digitais.

Preço e disponibilidade

A Canon EOS-1D X SLR está prevista para março de 2012, somente o corpo. O GPS GP-E1 é esperado para março de 2012. O transmissor de arquivo sem fio EOS WFT-E6A está programado para estar disponível em abril de 2012. (*)

(*) A Canon brasileira não divulgou os preços no país mas os valores de lançamento nos EUA podem ser conferidos no cabeçalho desta postagem. (Nota do autor)


O corpo da linha EOS-1 da Canon é construído em magnésio, conferindo rigidez e proteção física e magnética aos componentes óticos e eletrônicos da câmera. Foto: Canonrumors.com

Um comentário: